Home - Polícia - Mulher é morta a marretadas, e filha de 10 anos...

Mulher é morta a marretadas, e filha de 10 anos está desaparecida; suspeito se suicidou

13 de maio de 2022

Suspeito é marido da vítima e cometeu suicídio ao se jogar em carreta na rodovia Transamazônica. Corpo foi encontrado em casa

Mulher é morta a marretadas, e filha de 10 anos está desaparecida; suspeito se suicidouMarido é suspeito de matar a mulher com marretadas e cometer suicídio no Pará – Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Uma mulher foi morta com marretadas na cabeça, dentro de casa, em Marabá, no Pará. Desde o encontro do corpo da mãe, a filha de 10 anos está desaparecida. O principal suspeito é marido da vítima que cometeu suicídio.

A Delegacia de Homicídios de Marabá foi informada sobre um corpo em estado avançado de decomposição encontrado no interior de uma residência no bairro Nova Marabá. O forte odor levou a polícia até o endereço. De acordo com informações preliminares, a vítima foi morta com golpes de marreta na cabeça havia cerca de quatro dias.

Na casa moravam a vítima, Gleiciane Lima Rabelo Amaral, o marido Eliezer Almeida Amaral e a filha, Isabela Lima Mendes Amaral, que não estavam no local quando a equipe chegou.

Duas horas após a localização do corpo de Gleiciane, o suposto autor se jogou sob as rodas de uma carreta na rodovia Transamazônica, na área urbana de Marabá, e morreu na hora.

A filha ainda não foi localizada. A família pede por informações e denúncias que possam identificar o paradeiro da criança.

A polícia faz diligências em Parauapebas e Marabá em endereços de familiares à procura de Isabela. São empregados também recursos tecnológicos nas buscas.

O carro de Eliezer foi encontrado estacionado em um hotel, mas não há registro da entrada da criança no local. Desde o último domingo (8), não há notícias de Isabela.

O caso é investigado como feminicídio seguido de suicídio.

Valedoitaúnas (R7)



banner
banner
banner